Montevidéu Uruguai

Carnaval do Uruguai: o mais longo do mundo

Ok, o Brasil é o país do carnaval. Mas, só o Uruguai pode dizer que tem o carnaval mais longo do mundo. Além de durar 40 dias, essa experiência surpreende em todos os sentidos. É bem organizado, tem um clima contagiante e, o que mais chamou a atenção, é um carnaval consciente. Acontece entre os meses de janeiro e março em todas as regiões, e também é um momento de passar a limpo a situação atual do país. Da política ao futebol.

Atrações

O mais interessante desse carnaval são as diversas manifestações artísticas que tomam conta das cidades. Em Montevidéu, os espetáculos de murga acontecem todos os dias em diferentes bairros, e qualquer espaço com arquibancada vira um teatro.
Já as ruas dão lugar ao ritmo contagiante do candombe, em desfiles de grupos com até 300 tambores. A murga e o candombe são as manifestações mais importantes do carnaval uruguaio e dizem muito sobre a essência desse povo.

Espetáculos de murga

A murga é uma espécie de notícia cantada, que faz uma retrospectiva do ano misturando humor, canto e crítica social. São diversos grupos formados por mais ou menos 15 pessoas, que se preparam o ano inteiro para se apresentar no carnaval e participar de uma grande competição no Teatro de Verano, conhecido como o templo carnavalesco.

– ASSISTA AO VÍDEO: “Murga no carnaval de Montevidéu.”

Com fantasias cada vez mais elaboradas, elas alegram e emocionam as plateias com suas músicas, coreografias e piadas. As murgas se apresentam nesse anfiteatro até o início de março e protagonizam espetáculos de qualidade internacional. Mas, apesar do Teatro de Verano ser um lugar mágico que você tem que conhecer, foram as noites nos tablados populares que fizeram a gente amar a murga. E, é claro, ver bem de pertinho como o povo uruguaio vive.

Felipe Castro, murga Falta y Resto

Felipe Castro, murga Falta y Resto

 

Candombe pelas ruas

Durante todo o ano em Montevidéu, é bem provável que você encontre comparsas de candombe tocando pelas ruas aos sábados e domingos. Porém, é no Carnaval que os tamborileiros tomam conta da cidade e do país inteiro. O Candombe nasceu com a chegada dos escravos africanos no Uruguai. Mas, hoje em dia, uruguaios de todas as origens tem muito orgulho de fazer parte dessa tradição. É muito comum escutar os tambores dos candombeiros no Bairro Sul, que é o berço dessa manifestação cultural.

Quando um grupo de tamborileiros passa por você, o único jeito é seguir esse ritmo contagiante e ir atrás da comparsa como se fosse um trio elétrico. Leia o nosso post sobre o Candombe e descubra como a gente viveu essa experiência em Montevidéu.

Desfile de 6 de janeiro na Isla de Flores - Comparsa La Roma

Desfile de 6 de janeiro na Isla de Flores – Comparsa La Roma

 

Consciência social

Como falamos no início do post, o carnaval do Uruguai surpreende nesse quesito. Assistindo aos espetáculos no Teatro de Verano, nos tablados de bairro ou acompanhando os desfiles de comparsas de Candombe pelas ruas, o povo uruguaio dá um show de convivência em grupo e coletividade. Jovens, idosos, crianças, famílias e artistas participam da festa e coexistem harmoniosamente nas ruas e nos espetáculos fechados.

Nas letras das músicas, você vai entender como o Carnaval serve como uma forma de expressar a opinião popular, o contentamento ou descontentamento com os rumos do país. E não são apenas os artistas que se posicionam sobre o contexto político e social deles. Se você conversar com qualquer uruguaio que estiver na plateia, ele vai saber explicar o significado das letras e como cada tema tem impacto na realidade do país.

Em 2014, vimos murgas falando sobre a legalização da maconha, o desempenho da seleção uruguaia na Copa do Mundo, o governo pós Pepe Mujica, entre outros temas.

Um ponto importante: não vimos nenhum tipo de violência. Tanto nos espetáculos, quanto nos desfiles de comparsas. Isso nos deu uma sensação de liberdade e pertencimento ao lugar quase imediatos.
Lá estávamos nós. Dois brasileiros, aprendendo a cair na folia com os nossos vizinhos do Uruguai. No carnaval mais buena onda do mundo.

Dicas e links úteis:

Confira aqui a Programação completa do Carnaval do Uruguai

Teatro de Verano

Neste link a programação.

Quanto? De R$ 20 a R$ 50

Tablados

Neste link a programação

Quanto? Média de R$ 10, dependendo do tablado que você escolher. Nós recomendamos o Velódromo, que é super grande e dá pra ter uma ótima noção dos espetáculos nos tablados.

Candombe
Para assistir as comparsas de Candombe que tocam nas ruas aos finais de semana, como nos bairros Sul e Palermo, você não precisa pagar nada.
Para assistir ao desfile oficial de chamadas, organizado pela prefeitura, você pode acompanhar aqui a programação do candombe.

Quanto? De R$ 15 a R$ 60

Você Também Vai Gostar

Nenhum Comentário

Deixe um Comentário