Blog

América do Sul: por que você também deve fazer essa viagem

O Mundo à Volta nasceu como um sonho de dar a volta ao mundo produzindo conteúdo. E muitas pessoas nos perguntam por que decidimos começar a nossa viagem pela América do Sul.

Sempre tivemos muita identificação com as culturas sul-americanas e, antes de iniciar o projeto, já havíamos conhecido alguns países como Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia e Peru. Mas uma coisa sempre nos chamava atenção nessas viagens: mesmo com todas as maravilhas que a gente conhecia em cada região que visitava, quase sempre éramos os únicos turistas do Brasil. Enquanto os europeus eram – e são – maioria.

Os números confirmam esse sentimento de que ainda não despertamos para a riqueza cultural e natural do nosso próprio continente. Uma pesquisa publicada em junho de 2015 pelo Ministério do Turismo mostra que o destino preferido dos brasileiros continua sendo os Estados Unidos, seguidos por diversos países da Europa.

Por que ainda viajamos tão pouco por aqui, mesmo estando tão perto de paisagens de tirar o fôlego, culturas ancestrais e muita história?

Lago Poopó - Oruro, Bolívia

Lago Poopó – Oruro, Bolívia

 

Cañon de Colca – Arequipa, Peru

Cañon de Colca – Arequipa, Peru

 

Valle de la Luna - San Pedro de Atacama, Chile

Valle de la Luna – San Pedro de Atacama, Chile

 

Em setembro de 2015 nós iniciamos a produção de conteúdo para o Mundo à Volta pela Argentina. Lá, descobrimos que nós, brasucas, ainda temos muito a desbravar do nosso país hermano. Digo isso porque os destinos mais procurados pelos brasileiros quando vão à Argentina são Buenos Aires e a Patagônia. Dois destinos indiscutivelmente atraentes, mas queremos chamar atenção aqui para tudo que ainda não descobrimos. Quer bons exemplos? As riquezas naturais e culturais das províncias de Salta e Jujuy, no norte do país:

quebrada-de-las-conchas-cafayate

Quebrada de las Conchas, Cafayate – Salta, Argentina

 

cerro-14-colores-humahuaca

Serranías del Hornocal, Humahuaca – Argentina

 

O nosso propósito e a situação econômica

Através do nosso conteúdo, queremos inspirar os viajantes brasileiros a descobrirem todo o potencial turístico do nosso continente, pelos olhos dos moradores de cada região. E ganhamos uma aliada na nossa causa: a situação econômica.

Com o dólar nas alturas, a América do Sul se tornou um destino ainda mais atraente para quem não quer deixar de viajar para o exterior. As moedas dos países sul-americanos valem menos ou pouco mais que o real, em comparação ao dólar, euro ou libra. Ou seja, está muito mais barato viajar por aqui do que para os Estados Unidos ou Europa, por exemplo.

Segundo um levantamento publicado pelo site Kayak, só no primeiro trimestre de 2014 o turismo na América do Sul cresceu 6%. Pensando nisso, o site listou em 2015 seis destinos sul-americanos que apresentam um bom custo-benefício: Viña del Mar e Valparaíso – Chile, Cabo Polônio – Uruguai, Mendoza – Argentina, San Andres – Colômbia, Galápagos – Equador e Terra do Fogo, Patagônia – Argentina.

Na nossa viagem, já passamos ou ainda vamos passar pela maioria desses países. E esperamos que você também fique morrendo de vontade de fazer o mesmo.

Dá uma olhada no nosso canal para mais informações e vídeos sobre os lugares por onde andamos:

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão? Deixe seu comentário ou fale com a gente via contato@mundoavolta.com

 

Você Também Vai Gostar

1 Comentário

  • Comentar
    Pisco Elqui, uma parada obrigatória no caminho ao Atacama – Mundo à Volta
    29 de agosto de 2016 em 15:32

    […] de pisco e vinhedos pra você conhecer. Essa foi uma grande dica de uma amiga nossa que fez um mochilão pela América do Sul e, até hoje, seguimos inspirando todo mundo a incluir Pisco Elqui na sua viagem pelo […]

  • Deixe um Comentário